quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Dia Quente


    Dia quente, o sol em chamas aquece a terra, o fogo toma conta de nossos corpos. O calor é intenso, a luxuria se despede do sol a partir num céu a queimar. As sombras tomam conta do mundo enquanto no céu as nuvens dançam como dançam nossos corpos nus. O fogo se alastra pelas luzes que se acendem, a cidade está em chamas. O tempo parece derreter por entre nosso suor, é forte o cheiro de pecado. A lua se esconde timidamente no céu, imaginando o que se passa por entre essas paredes. O vento vem e vai, invejando o que só eu posso ter. As nuvens se movem frenéticas no céu, até o mundo parar, até começar a chover.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leitores dos Boêmios