sexta-feira, 24 de junho de 2011

Putas na Sala de Estar

O vento murmurante veio me falar
Das belas moças que estão a me esperar
Amantes meigas, amores cegos
Tudo de bom para encher meu ego.

Vou lá ver as minhas amantes nuas
Meu Deus ond'estão aquelas putas?
Me chamem de pervertido. Não sou ninguém
E quem nunca sonhou em ter um harém?

E alí estão minhas putas gostosas
Tomando o chá das cinco horas
Vejo lá minhas lindas nuas
Contando umas as outras as peripécias suas

Oh! Minas putas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leitores dos Boêmios