quarta-feira, 6 de abril de 2011

Passeio pela cidade (Bem vindo ao inferno)

Andando pela cidade a noite eu vejo o céu pintado com luzes de neon e as ruas sujas de gente. Eu vejo lobos em pele de cordeiro vendendo a Deus enquanto homens e mulheres se regozijam sob as asas de Lúcifer. A meu lado um homem anuncia o fim do mundo, só pode estar louco, pois, senão, saberia que o mundo já acabou. No horizonte vermelho eu vejo um sorriso sinistro e dois olhos amarelos a observar a deusas oferecendo prazer. Eis que então aparece ela em todo o seu esplendor, desfilando sua beleza para que todos possam ver que não há nada mais no mundo além dela... Mas quem é ela? E quem se importa. Tudo o que ela quer é nossa adoração. Mas como adorar alguém quando tudo o que o que nos resta é indiferença? Afinal não passamos de marionetes presos nesse inferno o qual chamamos de vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leitores dos Boêmios