quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Diário de um Desconhecido XIII

O mundo está girando e tudo gira com ele, dó eu faço o contrário e fico parado. Tudo começa a girar vagarosamente, mas, quanto mais o tempo passa, mais rápido o mundo gira. Isso não me faz tão bem, pois hoje minha cabeça não consegue acompanhar direito o mundo a girar, e isso começa a me deixar zonzo. Para ajudar minha mente, eu tento acompanhar a todos e girar com o mundo, mas o meu corpo não ajuda. Tento, em vão, fazer o mundo parar de girar ou, pelo menos, fazê-lo girar mais lentamente. A dor vem para me avisar dizendo que havia algo de errado e, só então, eu percebo que o mundo não está girando tão rápido quanto eu pensei, a minha mente é que está girando na direção contrária. Eu tento fazer minha mente seguir o mundo e correr no sentido certo . Eu tento fazer minha mente seguir o mundo correndo no sentido correto, mas eu estou zonzo demais para tal. A calma tenta me ajudar, mas não obtém muito sucesso. Eu procuro pelo socorro, mas só encontro o desespero, que me diz algo, mas eu não consigo entender direito o que eu tento escutar. Sai o dia, vem a noite e o mundo a girar. Fecho os olhos e tento ir para lá, mas a dor atrapalha minha concentração dizendo-me sempre que algo estava errado. E continua tudo assim até que o sono consegue acalmar minha mente e nos leva de volta para o mundo dos sonhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leitores dos Boêmios